INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

Olá amigos,

Esse blog é um espaço para a divulgação de notícias de uma forma geral envolvendo todo tipo de matéria sobre a comunicação e marketing católico.

Nos propomos a pesquisar tudo o que existe de matérias sobre a comunicação e marketing católico na web e em outras fontes de comunicação, concentrando-as nessa ferramenta que agora estamos disponibilizando, de forma a facilitar a pesquisa e coleta de informações pelas PASCOM de todas as Paróquias espalhadas pelo Brasil afora. Será também um espaço para divulgação de notícias das próprias PASCOM.

Dessa forma, esperamos que seja um meio onde se poderá encontrar, num só lugar, qualquer matéria publicada que envolva a comunicação e marketing dentro da nossa querida Igreja Católica.

Ajude-nos informando sobre suas atividades, eventos, seminários, encontros, retiros etc, que envolvam os meios de comunicação dentro da sua Paróquia, Vicariato ou Diocese.

Vamos à luta, com a graça de Deus e a força do Espírito Santo, pois COMUNICAÇÃO É EVANGELIZAÇÃO !

Por: José Vicente Ucha Campos

Contato:
jvucampos@gmail.com

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

VATICANO DIVULGA TEMA DO DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES 2015


Em sintonia com  a  14ª  Assembleia  Ordinária do Sínodo dos Bispos, que ocorrerá em 2015,  o tema escolhido  para  a  49º  Dia  Mundial das Comunicações Sociais será  “Comunicar a família: ambiente privilegiado  do  encontro  na  gratuidade  do  amor”.  O  evento  será  celebrado  no  dia  17  de maio, domingo que antecede Pentecostes.
A reflexão retoma os ensinamentos de São João Paulo II na “Familiaris consortio”, que trata das mudanças culturais e a família. Em um trecho da encíclica, o santo escreveu que “as relações entre os membros da comunidade familiar são inspiradas e guiadas pela lei da ‘gratuidade’ que, respeitando e favorecendo em todos e em cada um a dignidade pessoal como único título de valor, se torna acolhimento cordial, encontro e diálogo, disponibilidade desinteressada, serviço generoso, solidariedade profunda”.
Celebração
A mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais será publicada na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro de 2015. A celebração é o único Dia Mundial  estabelecido pelo Concílio Vaticano II, por meio do Decreto Inter Mirifica – 1963. Dioceses de todo o mundo organizam atividades para comemorar este dia, com missas, encontros de formação, coletivas de imprensa, debates etc.
No comunicado divulgado pelo Vaticano sobre o tema escolhido, é destacado que “a Igreja hoje deve novamente aprender a dizer o quanto a família é um grande dom, bom e belo. É chamada a encontrar o modo para expressar que a gratuidade do amor, que se oferece aos esposos, aproxima todos os homens a Deus e esta é uma tarefa magnífica. Porque direciona o olhar para a verdadeira realidade do homem e abre as portas para o futuro, a vida”. 
CNBB com informações do News.va

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

APLICATIVO PARA SMARTPHONES INDICA ONDE ESTÃO SENDO CELEBRADAS MISSAS


Não existem limites para as iniciativas através das novas tecnologias da informação, e a Igreja Católica sabe de suas vantagens tirando delas o maior proveito. Isto o demonstram dois aplicativos para smartphones que foram apresentados recentemente e chegam para acrescentar a Fé dos fiéis católicos. 
Um deles é o "Vamos à Missa", desenvolvido por um grupo de jovens uruguaios, o qual tem como finalidade ajudar aos usuários encontrar as paróquias ou templos mais próximos para ir à Missa. "Não deixes mais de viver a Santa Missa por não saber onde há uma paróquia próxima! Ideal para quando visitas um lugar que não conheces, de viagem ou de mudança", descreve o 'app'.
Além de ajudar a encontrar as igrejas mais próximas ao ponto de localização, este aplicativo mostra os horários de Missa e recomenda de maneira automática a qual lugar ir de acordo com a distância e o mais próximo em tempo que se encontre no início da Missa. A informação que ali se inclui é criada e mantida por uma comunidade de usuários, o que permite ter os horários verificados e atualizados.
"Isto surgiu pela inquietação que tivemos no verão passado estando de férias. Estávamos em uma comunidade que não era a nossa e não sabíamos onde ir participar da Missa. E assim nos ocorreu que seria bom que se temos um celular à mão, poder detectar que paróquia está próxima e assim não deixar de participar da Missa", comentou Pablo Sánchez, jovem engenheiro de 24 anos e um dos criadores, que foi citado pela EFE. 
A única coisa que se requer para o aplicativo é fazer parte da comunidade de colaboradores do "Vamos à Missa", dispor de uma conta no Google ou no Facebook, para assim recomendar novos lugares e horários. 
"A ideia é que funcione como a Wikipedia, que qualquer usuário possa acrescentar e manter os horários e os lugares da Missa, já que quanto mais tenha, mais problemático será atualizar o sistema", acrescentou o jovem engenheiro. 
Inicialmente este 'app' vem funcionando só para Montevidéu, mas a ideia é que se expanda por todo o Uruguai e, porque não, ao mundo. Também se prevê em um futuro poder informar sobre as atividades que se realizam em cada paróquia, seus dias festivos, solenidades, jornadas de oração, procissões, entre outros.
O 'app' dos Santos
Outro 'app' é "Santoral", que permite consultar os santos de um dia específico, assim como o nome dos amigos ou familiares para enviar-lhes uma felicitação com o santo de seu dia. Além disso, o aplicativo contêm um buscador onde se pode consultar o dia dos santos mais familiares, conhecer sua história e legado; oferecer por sua vez um calendário onde aparecem todos os santos do ano.
Fonte: Verbonet

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

ENCONTRO REÚNE JORNALISTAS QUE TRABALHAM NAS DIOCESES, REGIONAIS, PASTORAIS E ÓRGÃOS DA CNBB, DE 13 ESTADOS BRASILEIROS E DO DISTRITO FEDERAL


“ Nós somos como jornalistas anunciadores do mundo novo,  de um novo céu e uma nova terra ”,   disse  o  bispo auxiliar  de  Brasília e secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB),  dom Leonardo Steiner, aos 54 profissionais que atuam em assessorias de imprensa das dioceses, regionais,  pastorais e organismos da Conferência, reunidos em Brasília, de 12 a 14 de setembro.
Dom Leonardo acolheu os participantes da sétima edição do Encontro de Jornalistas, conduziu o momento de espiritualidade e falou sobre a missão e o serviço dos assessores de imprensa. “O que deve nos inquietar é que muitas pessoas ainda não experimentaram a alegria do Evangelho”, disse o bispo ao recordar as palavras do papa Francisco.  
Durante o encontro, os jornalistas vindos de 13 estados e do Distrito Federal integraram-se, partilharam experiências e refletiram sobre questões relacionadas à Assessoria de Imprensa.
O evento contou com a presença de profissionais da área de comunicação como o jornalista da Globo News, Gerson Camarotti; o professor da Universidade de Brasília, Luiz Martins; o coordenador de comunicação da Embrapa, Jorge Duarte; o diretor de redes sociais da Isobar Brasil, Nelson Leoni; a jornalista especializada em mídias sociais, Andrea Lopes; o professor de jornalismo da Universidade Católica de Brasília, Robson Dias. Também acompanhou o encontro padre Geraldo Martins, jornalista e ex-assessor de imprensa da CNBB, idealizador do evento. Em sua fala, padre Geraldo lembrou as motivações do encontro, consolidado após tantas edições, em que já passaram grandes comunicadores. “Buscamos gente de alto nível para valorizar os profissionais que vem até aqui”, afirmou Geraldo.
Na  mesa redonda sobre “A visibilidade da Igreja na mídia a partir do papa Francisco”,  Gerson Camarotti disse que a escolha de Jorge Mario Bergoglio como papa tem transformado a cobertura da imprensa sobre a Igreja. “Francisco não procura a mídia, ele se expressa naturalmente e, assim, se torna notícia. Ele (o papa) transforma a comunicação da Igreja com sua simplicidade, trazendo para o mundo essa parte latino-americana”, ressaltou.  Para Camarotti, o mundo está surpreso com a simplicidade, a comunicação direta, a abertura de Francisco. “Dizer que não quer viver nos aposentos e sim na comunidade, comer entre os demais funcionários, andar no carro simples. Isso vira notícia porque a maior parte do mundo não está acostumada, ainda estão descobrindo esse lado da nossa igreja latino-americana”, afirmou.
Por sua vez, o professor  Luiz Martins falou sobre a importância do co-agendamento da mídia, por meio do qual a mídia pauta a sociedade e vice-versa. Luiz Martins destacou a necessidade de haver uma relação de co-participação, de parceria, entre a imprensa e a sociedade. Falou ainda sobre a abordagem positiva dos assuntos.
Camarotti e Luiz Martins chamaram a atenção para o papel do jornalista como mediador e como profissional que trabalha em busca da verdade. Para eles, a verdade deve conduzir o cotidiano dos jornalistas.
Estratégias de Comunicação e redes sociais
Jorge Duarte, organizador do livro “Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia”, falou sobre “estratégias de comunicação em assessoria de imprensa”. Para ele, não basta fazer comunicação, mas sim comunicação estratégica. Isto porque a informação e a comunicação existem há milhares de anos.  “O que faz falta é a comunicação profissional, a comunicação estratégica para certo fim”, explicou aos participantes. Segundo o jornalista, é preciso saber quais os propósitos da comunicação.
Também esteve em pauta o gerenciamento de redes sociais, abordado pelo professor de marketing, Nelson Leoni; pela jornalista Andrea Lopes e pelo professor Robson Dias.  Os profissionais apresentaram dados sobre as mídias sociais no Brasil e no mundo, falaram sobre os desafios e apontaram caminhos para a área. Como exemplo, expuseram fotos da época da eleição do papa Bento XVI, em 2005, e do papa Francisco, em 2013.
Fonte: CNBB

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

CONCURSO PARA A ESCOLHA DO HINO DO PRÓXIMO CONGRESSO EUCARÍSTICO NACIONAL


ARQUIDIOCESE DE BELÉM DO PARÁ
15 A 21 DE AGOSTO DE 2016
QUARTO CENTENÁRIO DO INÍCIO DA EVANGELIZAÇÃO DA 
AMAZÔNIA E DE FUNDAÇÃO DA CIDADE DE BELÉM

O Congresso Eucarístico quer ser a convergência de todas as pessoas que professam a fé católica na realidade da Santíssima Eucaristia, e desejam dar um testemunho público de sua fé na presença real do Senhor Jesus.
O primeiro Congresso Eucarístico foi celebrado em 1881 em Lille (França), por iniciativa de um grupo de fiéis leigos, apoiados por São Pedro Julião Eymard. Foi uma celebração solene, de que participaram fiéis e bispos de vários países da Europa. De lá para cá, outros países quiseram repetir a bela iniciativa.

Deste modo reafirmamos nossa certeza de vida eterna, para além dos horizontes de nossa história! A partir dessa profissão explicita de nossa fé na Eucaristia, o Congresso Eucarístico busca as consequências práticas, o compromisso desse gesto tão sublime de adoração! Adorareis o Senhor em 
Espírito e Verdade (Cf. Jo 4, 24).

No Brasil já foram realizados dezesseis Congressos Eucarísticos Nacionais. O primeiro foi realizado em 1933, em Salvador - BA; o XVI Congresso Eucarístico Nacional, em Brasília, de 13 a 16 de Maio de 2010, tendo como Tema: Eucaristia, Pão da Unidade dos Discípulos Missionários, inspirado na V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe, que aconteceu em Aparecida em maio de 2007. Em Aparecida, apresentou-se a riqueza da existência cristã a partir do 2 binômio "discípulo missionário". O discípulo missionário de Jesus Cristo se alimenta do Pão eucarístico, para que possa fortalecer-se na fé, na esperança e na caridade e não desfaleça por causa as dificuldades do caminho. A Eucaristia gera a unidade da Igreja: Jesus Cristo, pelo Sacramento do seu Corpo e Sangue, cria a comunhão da sua Igreja, seu Corpo Místico.

O XVII Congresso Eucarístico Nacional, será realizado em Belém, de 15 a 21 de agosto de 2016:

Tema: Eucaristia e Partilha na Amazônia Missionária.4

Lema: Eles o reconheceram no partir do Pão.

Desejamos tornar visível em todo o Brasil a força da Eucaristia e ação missionária na Amazônia, de um povo de fé que testemunha com sua cultura e maneira de ser uma Igreja viva no  Norte  do  Brasil.

Em 2016 será celebrado o quarto centenário da cidade de Belém e do início da Evangelização da Amazônia. Completam-se ainda os 110 anos de elevação da então Diocese a Arquidiocese e Sede Metropolitana1. A cidade de Belém comemora seu Quarto Centenário no dia 12 de janeiro. O XVII Congresso Eucarístico Nacional é preparado como uma Estação da Igreja de Belém, para a qual são convidadas todas as Circunscrições Eclesiásticas do Brasil.

O Texto Base teológico-pastoral para o XVII Congresso Eucarístico Nacional, em elaboração, fará uma "peregrinação" por lugares teológicos:

 Jerusalém - O Mistério da Eucaristia: Teologia.

 Emaús - Fundamentação Bíblica: “Ele o reconheceram no partir do pão” (Lema do Congresso).

 Belém, Casa do Pão: Eucaristia, fonte de Comunhão e partilha na Amazônia Missionária (Tema do Congresso).

 Nazaré - Desdobramentos pastorais: "Voltaram à Galileia".

A partir do texto base serão elaborados subsídios pastorais, especialmente catequéticos e litúrgicos. Até o mês de junho de 2015, todos os subsídios estarão impressos e disponíveis, para serem oferecidos à Arquidiocese e outras Igrejas particulares de nosso país.

A Arquidiocese de Belém está promovendo um Concurso para a escolha do Hino do Congresso cujas informações importantes encontram-se no link a seguir:

Fonte: CNBB

ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO PROMOVE SEMINÁRIO SOBRE COMUNICAÇÃO PARA OS SACERDOTES

Teve início nesta terça-feira, dia 9, às 20h, o Seminário de Comunicação para os Presbíteros, realizado no Centro de Estudos do Sumaré. Segundo o padre Arnaldo Rodrigues, um dos organizadores do evento promovido pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, o encontro tem o objetivo de auxiliar os sacerdotes a aperfeiçoar sua comunicação, aprimorando assim sua espiritualidade e seu trabalho pastoral. “A comunicação para um sacerdote é essencial, por que ele é referência para respostas em uma comunidade. Nós somos chamados a aprimorar nosso modo de falar, para que não só os fiéis como toda a sociedade possam entender nosso discurso, aquilo que queremos mostrar.”
Apresentando o tema “A comunicação na vida de um sacerdote” com uma abordagem objetiva e pontual, o encontro conta com a presença de mais de 80 participantes de todas as regiões do Brasil e conferencistas de vários países, como Estados Unidos e Itália.
Na abertura, o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, ressaltou a importância das ferramentas comunicativas no exercício da vida sacerdotal. Afirmou que os tempos de hoje são muito mais exigentes e complexos no que diz respeito à comunicação. Segundo ele, “não podemos dar nada como pré-suposto, acreditar que todos já sabem tudo sobre a fé, pois assim, corre-se o risco de que outras pessoas entendam a mensagem de forma equivocada. A evangelização é uma tarefa constante”.temp_titleDSC_7530_11092014114602
Dom Orani acrescentou “o padre precisa não apenas entender o contexto comunicativo no qual está inserido com também ser comunicação. Transmitir realmente aquilo que está em seu coração e em sua vida. O dom para o discurso não tem a mesma importância se não for usado para falar daquilo que verdadeiramente é vivenciado.”
O vigário episcopal para a Comunicação Social da arquidiocese, Cônego Marcos William, abordou o tema da conferência de forma mais reflexiva e alertou para o fato de que a comunicação na contemporaneidade é um mecanismo influenciador e portador de poder, que muitas vezes é conduzido de forma errada. “Em muitos momentos há pessoas que podem fazer o bem e escolhem não fazê-lo. Várias vezes jornalistas manipulam a informação. Mantêm sua subjetividade e fala persuasiva diante de dados e fatos concretos.”
O seminário termina nesta quinta-feira, depois de ter na sua programação palestras abrangentes, as quais mostraram os desafios e as perspectivas sobre como utilizar a comunicabilidade religiosa nos diversos tipos de mídia existentes.
Fonte: ARQRIO

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

SENADOR MAGNO MALTA (PR/ES) ENFATIZA VALOR DA CANÇÃO NOVA

Senador evangélico, Magno Malta enfatiza 
o valor da Canção Nova como Instituição que celebra a vida 
e que luta pelos valores do Evangelho de Jesus Cristo.

Assista aos vídeos:




domingo, 31 de agosto de 2014

TERÇO ELETRÔNICO


O Terço Eletrônico de Nossa Senhora Aparecida

Nossa Senhora Aparecida é a Padroeira do Brasil. Ela foi encontrada por pescadores no fundo de um rio, acreditando no poder santo da imagem eles fizeram um pequeno altar e rezavam para a santa todos os sábados. Com o tempo as graças de Nossa Senhora se espalharam por todo o Brasil até que o Papa Pio X ordenou sua coroação e mais adiante quando completava 250 anos de devoção o Papa Paulo VI ofereceu ao Santuário de Aparecida a Rosa de Ouro que reconhece a importância do Santuário e incentiva o culto à Nossa Senhora.

Esse terço eletrônico é feito de um material inquebrável (poli cloreto de vinila) 


Terço eletrônico formado por leds na parte frontal, onde você pode fazer a oração acompanhando pelas cores ou acompanhar a oração de forma manual. Pode optar também se sua oração do terço será com ou sem o som do terço.

sábado, 30 de agosto de 2014

CNBB PROMOVERÁ DEBATE COM CANDIDATOS A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, fará a abertura do debate com presidenciáveis, no dia 16 de setembro, no Santuário Nacional de Aparecida, a partir das 21h30. O evento será transmitido por oito emissoras de inspiração católica, 230 rádios e portais católicos, com a proposta de atingir o maior número de eleitores.
De acordo com dom Damasceno, o debate promovido pela CNBB quer proporcionar aos eleitores a oportunidade de conhecer melhor os candidatos que concorrem à presidência do Brasil, nas eleições do dia 5 de outubro.
“Desejamos que o nosso eleitor exerça seu direito de cidadania com liberdade, responsabilidade e consciência, pensando no bem do país, a partir do conhecimento das propostas que os candidatos irão apresentar. Desta forma, o debate oferecerá elementos para que o eleitor posso discernir em quem vai votar, não apenas pensando em seus benefícios pessoais, mas no bem comum”, explicou o presidente da CNBB.
O debate
Para esta segunda edição do debate foram convidados os candidatos Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Luciana Genro (PSOL) e pastor Everaldo (PSC). 
No primeiro bloco, os convidados irão responder a uma única pergunta elaborada pela presidência da CNBB, em ordem já definida por sorteio na presença dos representantes dos partidos. Cada candidato terá dois minutos para resposta.
No segundo bloco os candidatos vão responder a perguntas propostas pelos bispos indicados pela CNBB, abordando temas como saúde, educação, habitação, reforma agrária, reforma política e lei do aborto. No terceiro bloco, os candidatos irão responder a perguntas de jornalistas das mídias católicas. O quarto bloco será de embate entre os postulantes à presidência. O último bloco será dedicado às considerações finais dos convidados.
O debate terá duração de duas horas, com plateia de até 8 mil pessoas, composta por 350 bispos convidados, além de padres e presença de autoridades. A mediação será realizada pelo jornalista e diretor geral da TV Aparecida, padre Josafá de Jesus Moraes. O programa chegará a mais de 70 milhões de eleitores em sinal aberto.

Fonte: CNBB

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

APLICATIVO "POPES ENCYCLOPEDIA" PARA SMARTPHONES TRAZ HISTÓRIA DE TODOS OS PAPAS


O Papa Francisco é o 266º da história da Igreja. Sua biografia já é bastante conhecida. Mas é provável que não seja muito conhecida a vida de Gregório X.

A partir de agora um simples click em um smartphone poderá resolver qualquer dúvida que se tenha sobre a vida de qualquer Pontífice.

O aplicativo Popes Encyclopedia permite selecionar os Papas por datas, nomes, origem, ordem religiosa, etc.

Com o toque em uma cruz, o menu principal é aberto. Por ele pode-se chegar, por exemplo, à informação de qual foi a idade em que João XXIII foi eleito, ou de onde era Calixto III.

Com esse aplicativo, pode-se ainda ter informações sobre curiosidades tais como: qual foi o papado mais longo ou quais Papas renunciaram.

Também pode-se consultar quais deles foram proclamados santos e ainda pesquisar os principais detalhes da vida de cada Pontífice. 

Popes Encyclopedia está disponível para smartphones com iOS ou Android. 

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

APLICATIVO PARA A JUVENTUDE CATÓLICA: iJuventude 2.0

iJuventude

O aplicativo do dia a dia do jovem católico

Baixe grátis

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

APLICATIVO PARA ANDROID - CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA



Já pensou em ter o catecismo da Igreja Católica em qualquer lugar? Através deste aplicativo para android grátis é possível que você conte com o auxilio pastoral e doutrinário da Santa Igreja em qualquer lugar.
Catecismo da Igreja Católica para Android foi desenvolvido pela Totus Mundi e mesmo com sua interface simples, possuí o recurso de busca, que facilitam a vida de quem esqueceu um paragrafo..
O Catecismo da Igreja Católica é composto de assuntos morais e doutrinários e ajudam a ter uma visão geral dos ensinamentos da Igreja. O que é valioso para as situações e problemas encontrados nas paróquias e comunidades através. Sendo assim, é essencialpara formar um bom católico e direcionar os fiéis, explicando a Doutrina de Sempre com uma nova linguagem, tal como quis o Vaticano II.
E o melhor de tudo: este aplicativo é grátis. :-)
icone


Fonte: Fides Press

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

APLICATIVO PARA ANDROID - CATÓLICO ORANTE


Católico Orante é um aplicativos grátis para android que foi desenvolvido principalmente para os católicos que desejam rezar em qualquer lugar e a qualquer momento. Com uma interface simples e bastante intuitiva, o aplicativo para Android disponibiliza inúmeras orações offline em Português e Latim para serem lidas. Há Novenas, Ofícios de Nossa Senhora, Orações próprias para Santos, Orações Comuns e Orações para Ocasiões Específicas.
O aplicativo se torna um verdadeiro canal de evangelização ao disponibilizar inúmeras orações em Português e Latim. Sua interface é simples e bastante intuitiva. Já na primeira tela, você tem as boas-vindas com a passagem bíblica “É preciso orar sempre, sem desfalecimento” (Lucas 18.1).
As orações são todas offline, ou seja, não precisam de conexão à Internet para serem lidas. Você encontra Novenas, Ofícios de Nossa Senhora, Orações próprias para Santos, Orações Comuns e Orações para Ocasiões Específicas.
Leia também a Liturgia Diária, compartilhe suas intenções e também reze pelas intenções das pessoas que compartilharam seus pedidos de oração através do Católico Online. Baixe já esse aplicativos grátis para android e esteja em oração nos momentos vagos de seu dia! Ele está disponível para Android 2.2 ou superior.
Click Aqui para baixar
Fonte: Fides Press

sábado, 23 de agosto de 2014

COMUNICAÇÃO, DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA EVANGELIZAR NA ERA DA CULTURA DIGITAL


“Comunicação, desafios e possibilidades para evangelizar na era da cultura digital”. Este foi o tema central do 4º Encontro Nacional da Pastoral da Comunicação, realizado em sintonia com o 2º Seminário de Jovens Comunicadores, de 24 a 27 de julho, no Centro de Convenções de Aparecida, em São Paulo.
Mais de 900 pessoas, representando os comunicadores da Igreja no Brasil, participaram desta edição, que contou na conferência de abertura, com o padre Antonio Spadaro, SJ, doutor em teologia, e diretor da revista “Civilità Catttolica”.
“A internet não é a tecnologia, não são os tablets e iphones, são as pessoas”, explicou padre Spadaro. E fez questão de recordar o pensamento do Papa Francisco em sua mensagem para o Dia Mundial das Comunicações deste ano, quando afirmou que a rede social pode ser um lugar rico de humanidades: “uma rede de pessoas humanas. Este é o pensamento do Papa”.
Autor de livros sobre a web, padre Spadaro reforçou sua teoria de que a internet é a experiência, que os fios, cabos e os computadores tornam possível a comunicação e, citou o Papa Bento XVI , que já havia, em 2013, também na mensagem para o Dia Mundial das Comunicações, deixado claro que a internet é parte da realidade cotidiana de muitas pessoas:
“Quando falamos de instrumento de comunicação erramos. A internet não é uma ferramenta de evangelização e não é um instrumento. É um ambiente.
A IGREJA EM TEMPO DE REDE
Padre Spadaro propõe ter em mente três vertentes: a rede é um ambiente e uma experiência; a evangelização não é a transmissão da fé, mas a vivência da fé, e que não se comunica um conteúdo se não existe relações.
Para o jesuíta, conectar os conteúdos às pessoas é a coisa mais importante no mundo digital. “Por que o Papa é um revolucionário? Porque não basta a proximidade. Ele tem a capacidade de colocar o conteúdo do Evangelho para as pessoas. Quem Evangeliza hoje não é chamado a pregar, no sentido real do termo, mas desenvolver relações conectadas com a mensagem do Evangelho. Fazer de modo que o Evangelho gere relações, paixões, diálogo e reações”.
PACIÊNCIA DIVINA
O primeiro painel do encontro, após a celebração Eucarística, na manhã do dia 25, sobre o tema “Evangelização e espiritualidade na cultura digital”, foi apresentado, através da videoconferência de Dom Claudio Maria Celli, presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais.
Dom Celli destacou que somos chamados a dar testemunhos e que as redes sociais são cada vez mais ambientes de vida. Diante da velocidade da comunicação no mundo atual devemos apreender com a paciência de Deus: “(Eu) me pergunto em que medida somos capazes, nós comunicadores, de explicar aos jovens o sentido da paciência de Deus? Neste ambiente digital temos que dar testemunho que estamos convencidos e seguros, que Ele nos acompanha”.
CONECTAR É DIALOGAR
O jornalista e professor Élson Faxina, do Paraná, abordou, em seguida, as questões socioculturais provocadas pelas tecnologias digitais, e frisou que é necessário entender como as pessoas estão hoje, pois conectar-se significa dialogar, o que vai de encontro com a proposta cristã: “Surge um novo sujeito que quer ser indivíduo e protagonista. Esse é o ponto central. Quais os desafios para a evangelização? Trabalhar a diferença entre temer a Deus e ter medo de Deus. Não impor a fé, mas propor a fé”, disse, ao afirmar que o papel do comunicador é fazer comunicação com a sociedade.
OFICINAS E PRÊMIOS
Diversas oficinas foram oferecidas aos participantes na parte da tarde, com temáticas que variavam entre “Teoria e Prática na Web”, “Convergência Midiática”, “Arte e Assessoria de Imprensa”. Na noite do dia 25 foi oferecido um show com vários artistas expoentes da música católica, em comemoração ao lançamento oficial do Diretório da Comunicação da Igreja no Brasil. Algumas personalidades do mundo da comunicação foram homenageadas, e o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, entregou prêmio ao jornalista João Monteiro de Barros Neto, presidente da Redevida, pelo seu amplo trabalho de evangelização, através da televisão.
VIVER A FÉ EM TEMPOS DE REDE
temp_titlePlenria_de_sbado_Anna_Laura_Barreto_4_01082014171321O tema escolhido no segundo e último painel do encontro foi “Ciberteologia: a vivência da fé em tempos de rede”, proferido pelo padre Antonio Spadaro:
“Considerando que a rede muda o modo de pensar das pessoas e, se a teologia é pensar a fé, pergunto como a rede muda o nosso modo de pensar a fé?”, questionou o jesuíta.
E motivou a todos a estudar a ciberteologia para pensar a fé nesses tempos em que estamos mergulhados nas redes digitais. “O método? Experiência, reflexão, ação e avaliação”, ensinou.
O teólogo lembrou que para o Papa Francisco o continente antes de ser uma realidade tecnológica é um lugar de encontro, cujos desafios não são virtuais e, sim, reais. “Lugar de encontro entre homens e mulheres. Devemos pensar a nossa fé, segundo esta intenção”, acrescentou o jesuíta.
UMA IGREJA EM SAÍDA
O jornalista e escritor Moisés Sbardelotto se ocupou do “Novo Diretório de Comunicação” e fez um resumo dos dez capítulos da obra, que em 270 itens entende a pastoral como um processo que vai se desdobrando na prática. Trata-se de uma comunicação na perspectiva da cultura do encontro, de uma igreja “em saída”, disse. Lembrou que cada capítulo traz pistas de ação, e convidou a plateia a, além de aprofundar o conteúdo da obra, transformar as pistas sugeridas em realidades concretas em cada comunidade pastoral.
ACOLHER BEM TAMBÉM É EVANGELIZAR
Na conclusão dos trabalhos foram destacados alguns pontos para provocar os participantes na missão de serem agentes multiplicadores do encontro em suas dioceses. Entre eles, o bispo auxiliar de Aparecida Dom Darci José Nicioli, anfitrião do evento, insistiu na formação presencial e virtual como forma de integração entre os agentes não só da Pastoral da Comunicação, como também de outras pastorais.
Já o palestrante convidado, padre Spadaro, destacou que “nos canais digitais não se faz propaganda e, sim, testemunho de vida cristã. O primeiro é a acolhida. Se a nossa pastoral não é missionária não é pastoral. Se ela é missionária é apostólica. Somos todos chamados a ser apóstolos de Jesus Cristo e da nossa Igreja. Apostolado para quem crê e quem não crê. Acolher bem também é evangelizar”, finalizou, referindo-se ao que o peregrino lê no portal de entrada do Santuário de Aparecida.
Fonte: ARQRIO

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

ELEIÇÕES 2014 - DIOCESES PROMOVEM ENCONTROS COM CANDIDATOS


Diante da intensificação das campanhas eleitorais, algumas dioceses estão preocupadas em contribuir para um voto consciente e responsável. Para isso, organizam debates e encontros com os candidatos aos cargos públicos, para que apresentem suas propostas aos eleitores cristãos.
No próximo dia 25, cerca de 40  candidatos a deputados federais e estaduais das cidades que compõem a diocese de São José dos Campos (SP) irão participar de um encontro promovido pela Associação para Ensino Social da Igreja Leão XIII, entidade que tem como objetivo divulgar os princípios do ensino social e cristão por meio da relação fé e política e da cidadania e participação. O evento será às 19h30, no salão da Faculdade Católica de São José dos Campos.
Inicialmente, os candidatos irão se apresentar e expor seus interesses para o exercício do mandato. Depois, responderão, por meio de sorteio, perguntas formuladas pelos membros da Associação com base na mensagem da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) a respeito das eleições 2014, que aborda temas como financiamento de campanha, corrupção, reforma política, ética, meio ambiente e defesa da vida. Coordenadores de pastorais, líderes e a comunidade em geral poderão assistir ao encontro no auditório.

Regional Sul 2

No Paraná, a arquidiocese de Curitiba, juntamente com o Conselho Nacional do Laicato do Brasil, promoverá um bate-papo entre os candidatos ao governo do estado no dia 11 de setembro. O encontro está marcado para as 20h, no Cenáculo Arquidiocesano, e será conduzido pelo administrador arquidiocesano, dom Rafael Biernaski; pela coordenadora da Comissão de Leigos, Marcia Regina Savi; e pelo apresentador da TV Evangelizar, Felipe Alves.

Na ocasião, o bate-papo será dividido em duas partes: na primeira, cada candidato terá cinco minutos para apresentar suas propostas; e, em um segundo momento, todos responderão a quatro perguntas que serão formuladas pelos membros das paróquias, comunidades, movimentos e associações presentes no evento.
As dioceses acreditam que um eleitor esclarecido estará melhor preparado para votar em candidatos verdadeiramente comprometidos com o bem comum.
Fonte: CNBB
Seria uma excelente coisa e ajudaria muito aos eleitores católicos, se todas as Dioceses brasileiras também tivessem essa iniciativa.